Yessss, fui aceita na WPJA e AG | WPJA

Yessss, fui aceita na WPJA e AG | WPJA

24/03/2016

Oi pessoal!! Tudo bem com vocês?

Hoje vim falar um pouquinho sobre ter sido aceita em grandes associações de fotografia de casamento mundial.

Muitas pessoas me perguntam o que são essas associações e quais os benefícios que elas trazem profissionalmente pra mim.

Então vamos lá!

Já no início de 2016 fui aceita na Inspirations Photographers, uma associação de fotógrafos de casamento criada no Brasil para reunir os melhores profissionais de fotografia de casamento do Brasil e do mundo, fiquei mega feliz de ter sido aceita, já que menos de 10% dos pedidos de adesão são aceitos.

No último mês (março) fui aceita na WPJA (Wedding Photojournalist Association ) e a AG | WPJA (Artistic Guild of the Wedding Photojournalist Association) estas duas associações reúnem os melhores fotógrafos de casamento do mundo inteiro em duas categorias diferentes – fotojornalística e artística, a partir de um rigoroso processo de seleção.

Entrar para estas associações foi um sonho realizado, sonhado a cada trabalho realizado durante estes 3 anos de fotografia de casamento.

Estar entre os melhores do mundo é incrível!

Ter a comprovação que seu trabalho é qualificado mundialmente traz a certeza para os meus clientes que estão contratando um profissional.

Agora poderei participar de concursos mundiais juntamente com os melhores fotógrafos do mundo.

Sou grata a Deus por realizar meus sonhos e creio que estou cumprindo a vontade Dele trilhando este caminho de poder fazer pessoas felizes.

Não poderia deixar de agradecer ao meu marido pelo apoio incondicional desde o início quando me deu a minha primeira câmera, a compreensão pelos fins de semana de trabalho e todo o investimento financeiro.

A minha amiga Bianca Micheli que desde antes da câmera sonhou este sonho junto comigo e me ajuda a realizar um trabalho lindo, sem ela não seria a mesma coisa.

A minha querida Ana Telma por ter acreditado em mim como profissional e ter feito eu crescer.

Aos meus pais por terem me ensinado a sonhar e correr atrás destes sonhos.

A minha irmã Rhaysa por ter sido a primeira fotógrafa da família, que me mostrou que era possível realizar este sonho.

A minha irmã Palloma que acompanha meu trabalho e faz críticas quando necessário, está sempre pronta a me ouvir.

Aos meus clientes que se tornaram grandes amigos, confiaram em mim, que nestes 3 anos me fizeram querer melhorar a cada trabalho.

Para muitos poder ser apenas um selo, mas para mim é a realização de algo muito maior, que envolve fazer o que eu amo e ver que o mundo todo está aprovando o meu amor.

Espero honrar com esses selos, crescendo a cada dia como profissional e como pessoa, pois para manter estes selos preciso cada vez mais entender as pessoas ao meu redor, me conectar com elas e conseguir extrair o melhor de mim através deste envolvimento.

Um grande beijo

Manu Vasconcellos